arquivo

Arquivo da tag: imagem de satélite

www.artsatbr.unb.br

O projeto ArtSatBr de 2008, foi desenvolvido pelo Laboratório de Pesquisa em Arte e Realidade Virtual do departamento de Artes Visuais da Universidade de Brasília (UNB). Coordenado por Suzete Venturelli, Mario Maciel e programação de Sidney Medeiros.

Cria um espaço de disponibilização e troca de informações sobre temas sociais críticos.
Tem uma filiação em trabalhos de ativismo social no sentido de proporcionar um
espaço de crítica e denúncia social. Nesta cartografia colaborativa, os
participantes podem adicionar dados (fotos, vídeos, sons, textos) sobre
temáticas sociais e ambientais que são organizadas em cinco categorias:
queimadas, poluição, pastos irregulares, desmatamento e miséria. Elas são
identificadas com ícones característicos para auxiliar a navegação no mapa e a
visualização das informações. Os participantes (os interatores) identificam no
mapa aproximadamente a localização do evento, a situação, a comunidade, etc., e
adicionam a informação. Compartilha-se, desta forma, não apenas no Brasil, mas
no mundo questões urgentes em tempo real.

O projeto é referencial para as possibilidades do uso das mídias móveis e
digitais para a construção coletiva e democrática de informação. Uma
alternativa para saber (em tempo real) de acontecimentos na sociedade (em todo
mundo) que podem ser ignorados ou pouco divulgados na mídia convencional.

Anúncios

Artigo de Ricardo Castilho publicado na Revista Pro-Posições, Campinas, v. 20, n. 3 (60), p. 61-70, set./dez. 2009

Interessante para pensar como a imagem de satélite, aqui considerada uma matematização da paisagem, é um meio e instrumento para o conhecimento. Porém, não um fim em si, tais instrumentos de ação informada, racional, tecnológica são formas de representação imediatas que não substituem o conhecimento empírico local e exigem uma etapa fundamental da construção do conhecimento, a interpretação. Uma parcela do espaço não pode ser tomado como totalidade.

Resumo: A idéia central do artigo é estabelecer uma articulação entre técnica, política e epistemologia particular da Geografia, a partir de uma discussão sobre a imagem de satélite, em suas dimensões sensorial, sintáxica e semântica. Nosso propósito é contribuir para o esclarecimento do papel que a imagem de satélite desempenha não apenas como instrumento da ação informada, mas também na construção do conhecimento geográfico.

link para o artigo:

A imagem de satélite: do técnico ao político na construção do conhecimento geográfico