Bibliografia sempre em movimento:

 

ANJOS, Moacir dos. Local/global: arte em trânsito. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.

 

ARANTES, Priscila. @rte e Mídia: perspectivas da estética digital. São Paulo, Editora Senac, 2005.

 

ARANTES, Priscila; SANTAELLA, Lúcia (org.) Estéticas tecnológicas : novos modos de sentir.  São Paulo: Educ, 2008.

 

ARANTES, Priscila. Cartograia Líquida. In BAMBOZZI, Lucas, BASTOS, Marcus, MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

ARAÚJO, Lúcio de; WASHINGTON, Claudia; GOTO, Newton. RECARTÓGRAFOS. Curitiba, PR: Edição de autor, 2010.

 

ARCHER, Michel. Arte Contemporânea. Uma História Concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

 

ARGAN, Guilio Carlo. A crise da arte como ciência européia. In Arte Moderna. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

 

BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. Coleção Os Pensadores. São Paulo: Editora Abril, 1974.

 

BAMBOZZI, Lucas; BASTOS, Marcus; MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

BASBAUM, Ricardo (org.) Arte contemporânea: texturas, dicções, ficções, estratégias. Rio de Janeiro. Rios Ambiciosos, 2001.

 

BEIGUELMAN, Gisele. Notas sobre a cultura e a arte da mobilidade (pensamentos nômades para hipóteses em fluxo). In BAMBOZZI, Lucas, BASTOS, Marcus, MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

BERENSTEIN, Paola. (org.) Apologia da deriva, escritos situacionistas.  Rio de janeiro. Casa da Palavra, 2003.

 

BERTANINI, Tonino. O “espaço do corpo” e os territórios da vida cotidiana. In Seleção de Textos nº10. São Paulo: Associação de Geógrafos Brasileiros, junho/1985.

 

BOURDIEU, Pierre. Economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2004.

BOURDIEU, Pierre & HAACKE, Hans. Livre-troca. Diálogos entre ciência e arte. Rio de Janeiro: Betrand Brasil, 1995.

 

BOURRIAUD, Nicolas. Estética Relacional. São Paulo, Martins, 2009.

 

BOURRIAUD, Nicolas. Pós-produção: como a arte reprograma o mundo contemporâneo. São Paulo, Martins, 2009.

 

BRUNET, Karla Schuch (Org.) Apropriações Tecnológicas. Emergência de textos, idéias e imagens do Submidialogia#3. Edufba, Salvador, 2008.

 

BRUNET, Karla Schuch. Mídia locativa, práticas artísticas de intervenção urbana e colaboração. In #7. Art. Encontro Internacional de Arte e Tecnologia: para compreender o momento atual e pensar o contexto futuro da arte. Editora da Universidade de Brasília. Brasília: 2008. Disponível em: http://arte.unb.br/7art/textos/karlabrunet.pdf Acesso em: Nov/2010.

 

BRUNET, Karla ; FREIRE, Juan. Cultura digital e geolocalização: a arte ante o contexto técnico-político. In: VI Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, 2010, Salvador. VI Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, 2010.

 

BRUNET, Karla; FREIRE, Juan. Locação em arte e tecnologia: lugares e/ou espaços. Paralelo – Narrativas em Percurso: sobre Arte, Tecnologia e Meio-Ambiente, MIS, Impressa Oficial, 2009. Disponível em http://issuu.com/virtueelplatform/docs/qaf. Acesso em jun/2011.

BULHÕES, Maria Amelia. Web arte e cartografias digitais. ComCiência/Labjor/DICYT. 2011. Acesso em 11/4/2011. Disponível em http://www.dicyt.com/noticia/web-arte-e-cartografias-digitais#items1. Acesso em: maio/2011.

 

CARLOS, Ana Fani Alessandri. (org.) Ensaios de Geografia contemporânea. Milton Santos: obra revisitada. São Paulo: Editora Hucitec, 1996.

 

CASTELLS, Manuel. A era da intercomunicação, in: Le Monde Diplomatique. In htto://diplo.uol.com.br/2006-08,a1379, 2006

 

CASTILHO, Ricardo. A imagem de satélite: do técnico ao político na construção do conhecimento geográfico. Pro-Posições, Campinas, v. 20, n. 3 (60), p. 61-70, set./dez. 2009.

 

CAUQUELIN, Anne.  A arte contemporânea. Portugal: Editora Rés, 1993.

 

CLAVAL, Paul. Terra dos homens: a geografia. São Paulo: Contexto, 2010.

 

CRAMPTON, Jeremy W., KRYGIER, John. Uma introdução à cartografia crítica. In Cartografias sociais e território. ACSELRAD, Henri (org). Rio de Janeiro : Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, 2008.

 

CREISCHER, Alice; SIEKMANN, Andreas; MASSUH, Gabriela. Pasos para huir del trabajo al hacer. Ex Argentina”. Buenos Aires, Interzona Editora S.A., 2004.

 

DEBORD, Guy.  A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

DEBORD, Guy. Introdução a uma crítica da Geografia Urbana. Publicado no # 6 de Les lévres nues (revista belga setembro 1955).  Disponível em  http://antivalor.atspace.com/is/geourba.htm. Acesso em julho 2011.

 

DEBORD, Guy. Teoria da Deriva. In JACQUES. Paola Berenstein (org.) Apologia da Deriva. Escritos Situacionistas sobre a cidade. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.

 

DODGE, Martin, KITCHIN, Rob. Rethinking maps. Progress in Human Geography  2007; 31; 331. Disponível em http://phg.sagepub.com/cgi/content/abstract/31/3/331. Acesso em 1/6/2011.

 

FARINA, Cynthia. Arte e formação: uma cartografia da experiência estética atual. 31ª Reunião Anual da ANPEd. 2007. Disponível em: http://www.anped.org.br/reunioes/31ra/1trabalho/GE01-4014–Int.pdf. Acesso em 15/06/2011.

 

FERRARA, Lucrécia D’Alessio. O espaço líquido. in TRIVINHO, Eugênio; CAZELOTO, Edilson (org.) A cibercultura e seu espelho: campo de conhecimento emergente e nova vivência humana na era da imersão interativa. São Paulo : ABCiber ; Instituto Itaú Cultural, 2009. (Coleção ABCiber, v.1) http://www.abciber.org/publicacoes/livro1/. Acesso em maio/2011.

 

FERREIRA, Glória. (org.) Crítica de Arte no Brasil: Temáticas Contemporâneas. Rio de Janeiro: Funarte, 2006.

 

FRANCASTEL. Pierre. Imagem, Visão e Imaginação. Portugal: Edições 70, 1987.

 

FREIRE, Cristina. Poéticas do Processo. Arte Conceitual no Museu. São Paulo: Editora Iluminuras, 1999.

 

FREIRE, Juan e ONRUBIA, Daniel Villar. Prácticas cartográficas cotidianas en la cultura digital. Razón Y Palabra. Número 73 Agosto – Octubre 2010. Disponível em www.razonypalabra.org.mx Acesso em 01/06/11.

 

GOTO, Newton. (org.) Circuitos Compartilhados – Catálogo de Sinopses/Guia de Contextos OBS. Curitiba: MinC/IPHAN/Petrobrás/Paço Imperial/ Epa!, 2008.

 

GOUVEIA, Patrícia Figueira. Cartografia e Mapeamento Dinâmico. 2004.  Disponível em www.cecl.com.pt/redes.   Acesso em: 30/05/2011.

 

GRIFFIS, Ryan. Por uma arte contra a cartografia da vida cotidiana. In BAMBOZZI, Lucas, BASTOS, Marcus, MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

GUATTARI, Felix. Espaço e poder: a criação de territórios na cidade. Espaço e Debates, n. 16, ano V. São Paulo: Cortez, 1985.

 

HAESBAERT, Rogério. Territórios Alternativos. Rio De Janeiro: Editora Contexto e Editora Universidade Federal Fluminense, 2004.

 

HARVEY, David. Condição Pós-moderna. Edições Loyola, São Paulo, 1992.

 

HELFT, MIGUEL. With Tools on Web, Amateurs Reshape Mapmaking. http://www.nytimes.com/2007/07/27/technology/27maps.html?_r=1&hp=&pagewanted=prin Acesso em 20/05/2010.

 

JOLIVEAU, Thierry, RANA, Sanjay. NeoGeography: an extension of mainstream geography for everyone made by everyone? Journal of Location Based Services, 2009. http://www.informaworld.com/smpp/content~db=all?content=10.1080/17489720903146824 http://pdfserve.informaworld.com/6921__913845339.pdf

 

JOLY, Fernand. A Cartografia. Campinas, São Paulo: Papirus, 1990.

 

KUNSCH, Graziela. URBÂNIA 3. Editora Pressa, 2008.

 

KWON, Miwon. “Um lugar após o outro: anotações sobre Site Specificity”. Revista October 80. Spring 1997. tradução de Jorge Menna Barreto (mimeo)

 

LEÃO, Lucia. Derivas: cartografias do ciberespaço. São Paulo: Annablume, 2004.

 

LEÃO, Lucia. Labirintos e mapas do ciberespaço. In Interlbab: labirintos do pensamento contemporâneo. São Paulo: Fapesp, Iluminuras 2002.

 

LEIRIAS, Ana Gabriela. Exposição Identicidades: O espaço do adolescente, interações (e intersubjetividades) do corpo, do entorno, da cidade. Trabalho De Graduação Individual no Departamento de Geografia. FFLCH. Universidade de São Paulo, 2006.

 

LEMOS, André. Arte e mídia locativa no Brasil. In BAMBOZZI, Lucas, BASTOS, Marcus, MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

LICHTY, Patrick. Pensando a cultura nomática: artes móveis e sociedade. In BAMBOZZI, Lucas, BASTOS, Marcus, MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

LIMA, Leonardo Branco. Comunicação e geografia da cartografia tradicional aos mapas colaborativos na internet.Dissertação de mestrado. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2011.

 

LUCENA, Tiago Franklin Rodrigues. Cartografias colaborativas na arte. 18º Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas. Salvador, Bahia. 2009.

 

MASSEY, Doreen. Pelo Espaço: uma nova política da espacialidade. Rio de Janeiro. Bertrand Brasil, 2008.

 

MATESCO, Viviane. O corpo na arte contemporânea brasileira. P. 531 – 539. In FERREIRA, Glória. (org.) Crítica de Arte no Brasil: Temáticas Contemporâneas. Rio de Janeiro: Funarte, 2006.

 

MATUCK, Artur; ANTONIO, Jorge Luiz. (org.). Artemídia e cultura digital. São Paulo, Musa Editora, Apoio PGEHA – USP, FAPESP, 2008.

 

MEDOSH, Armin. 45 revoluções por minuto (história da mídia em alta velocidade. In BAMBOZZI, Lucas, BASTOS, Marcus, MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

MELLO, Christine.[Texto da curadoria Núcleo Net Arte Brasil] In: 25ª BIENAL DE SÃO PAULO – Iconografias Metropolitanas. 2002, Fundação Bienal, São Paulo.

 

MELLO, Christine. EXTREMIDADES DO VÍDEO:O VÍDEO NA CULTURA DIGITAL. Conexão – Comunicação e Cultura, UCS, Caxias do Sul, v. 3, n. 6, 2004. Disponível em http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/conexao/article/viewFile/72/62.

Acesso em agosto 2011.

 

MIRANDA, M. Uncertain Spaces: Artists’ Exploration of New Socialities in Mediated Public Space. Scan Journal, 2008. http://scan.net.au/scan/journal/display.php?journal_id=101. Acesso fevereiro/2011.

 

MORAIS, Frederico. Do Corpo à Terra. P. 195 – 200. In FERREIRA, Glória. (org.) Crítica de Arte no Brasil: Temáticas Contemporâneas. Rio de Janeiro: Funarte, 2006.

 

NEVES, Heloisa. O mapa [ou] um estudo sobre representações complexas. Revista Dobra, 2008. Disponível em http://www.corpocidade.dan.ufba.br/dobra/05_01_editorial.htm. Acesso em 24/08/2011.

 

TREVOR. Paglen. Geografia Experimental: da produção cultural à produção do espaço. In BAMBOZZI, Lucas, BASTOS, Marcus, MINELLI, Rodrigo. Mediações, tecnologia e espaço público: panorama crítico de arte em mídias móveis. Conrad Editora do Brasil, São Paulo, 2010.

 

PAPADITRIOU. Fivos. Neo-Geografias, Notopia, Mapas Culturais e GIS da Próxima Geração. Universidade de São Paulo. 3° Simpósio Iberoamericano de História da Cartografia. Agendas para a História da Cartografia Iberoamericana. São Paulo, 2010.

 

PARASKEVOPOULOU, O.; CHARITOS, D.; RIZOPOULOS, C. Prácticas artísticas basadasenlalocalización que desafíanlanoción tradicional de cartografía. In “Locative media y práctica artística: exploraciones sobre el terreno”. Artnodes. N.º 8, 2008. Disponível em http://www.uoc.edu/artnodes/8/dt/esp/paraskevopoulou_charitos_rizopoulos.pdf    

Acesso em: 14/06/2011.

 

PRADO, Gilbertto. “Experimentações artísticas em redes telemáticas e na web”, in Interlab, Labirintos do Pensamento Contemporâneo, São Paulo: Fapesp, Iluminuras 2002.

 

RIBEIRO, Ana Clara Torres.  Outros territórios, outros mapas. In: OSAL : Observatorio Social de América Latina. no. 16. Buenos Aires: CLACSO, 2005. Disponivel em: http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/osal/osal16/D16TRibeiro.pdf. Acesso 26.05.2011.

 

ROLNIK, Suely. Cartografia sentimental, transformações contemporâneas do desejo. Porto Alegre: Sulina, Editora da UFRGS, 2007.

 

SANTAELLA, Lúcia. A estética política das mídias locativas. In Nómadas, 2008, n. 28. http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/colombia/iesco/nomadas/28/12-estetica.pdf . Acesso em 29.03.2011.

 

SANTAELLA, Lúcia. A ecologia pluralista das midias locativas. II Simpósio Nacional da ABCiber realizado em novembro de 2008. Disponível em http://www.thefreelibrary.com/A+ecologia+pluralista+das+midias+locativas.-a0197040696

SALLES, Cecilia Almeida. Redes de criação: construção da obra de arte. Vinhedo, São Paulo: Editora Horizonte, 2006.

 

SANTIAGO, Debora. Ações Fluidas. 15º Encontro Nacional da ANPAP, 2006, Salvador. 15º Encontro Nacional da ANPAP, 2006.

 

SANTOS, Milton. Técnica, espaço, tempo: Globalização e Meio Técnico-Científico Informacional. Editora Hucitec, São Paulo, 1994.

 

SANTOS, Milton, SOUZA, Maria Adélia A. de, SILVEIRA, Maria Laura, (org).  Território. Globalização e Fragmentação. São Paulo: Editora Hucitec, ANPUR. 1996a.

 

SANTOS, Milton.   A natureza do espaço. Técnica e Tempo. Razão e Emoção. São Paulo: Editora Hucitec, 1996b.

 

SANTOS, Milton.  O Espaço do Cidadão. São Paulo: Nobel, 1998.

SILVA, Flávia Elaine da. Aproximar sem reduzir: as derivas e a pesquisa de campo em Geografia Urbana.GEOUSP – Espaço e Tempo nº 15. São Paulo, 2004. Disponível em http://www.geografia.fflch.usp.br/publicacoes/geousp/Geousp15/NCampo.pdf. Acesso em 04.08.2011.

 

SILVEIRA, Maria Laura. O espaço geográfico: da perspectiva geométrica à perspectiva existencial. GEOUSP. Espaço e Tempo, São Paulo, n.19, PP 81-91, 2006.

 

SMITH, Neil. Os Sem-teto/ Global: Lugares em escala. Tradução Nilo Lima, junho, 1995. Mimeo.

 

SOJA, Edward. Geografias Pós-Modernas – A reafirmação do espaço na teoria social crítica. Rio De Janeiro : Jorge Zahar Editor, 1993.

 

TUTERS, M. e VARNELIS, K. Beyond Locative Media. Networked Publics. 2006. Disponível em http://networkedpublics.org/locative_media/beyond_locative_media. Acesso março de 2011.

 

VANEIGEM, Raoul. A arte de viver para a geração nova. Porto: Editora Afrontamento, 1974.

 

VENTURELLI, Suzete. Cartografia colaborativa (verbete). Enciclopédia Itaú Cultural Arte e Tecnologia. 2009.

http://www.cibercultura.org.br/tikiwiki/tikiindex.php?page=cartografia+colaborativa acesso em 18/02/2011

 

 VENTURELLI, Suzete; MACIEL, Mário; MEDEIROS, Sidney. Artsatbr – a luta pelo poder não acabou. #7. Art. Arte e Tecnologia: para compreender o momento atual e pensar o contexto futuro da arte. Editora da Universidade de Brasília. Brasília: 2008.

 

VOGT, Carlos. Cartografia: entre ciência e poesia. Revista Com Ciência 10/11/2010. http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php?section=8&edicao=61

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: